Amiguinhos Amados

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Bichinhos - Se o Bichinho pudesse falar

Se o Bichinho pudesse falar, diria:
Treinando duro para trazer a medalha de ouro.
Amiguinhos
Vimos na postagem anterior AQUI o nome correto dos sons dos animais.
Olhando a imagem acima, o que vocês acham que o Bichinho "diria" se pudesse falar?

Bichinhos - Saiba o nome correto.



Saiba o nome correto dos sons dos animais:


Abelha  Zumbe
Boi        Muge
Cabra     Bale
Camelo   Blatera
Cão         Late, Ladra
Cavalo    Relincha
Cobra      Sibila
Corvo      Crocita
Galinha    Cacareja
Hiena       Ulula
Grilo         Cricrila
Leão         Ruge
Lobo         Uiva
Macaco     Guincha
Ovelha       Bale
Papagaio    Palra
Pássaro       Pipila, Chilrea
Pato             Grasna
Peru             Gruguleja
Pombo         Arrulha
Porco           Grunhe
Sapo             Croaxa
Urso              Brame
Burro             Zurra
Tigre              Ronca 
Lobo               Uiva
Gavião            Guincha
Esperamos que tenham gostado de saber.
Tem alguns sons que desconheciamos.


terça-feira, 28 de junho de 2016

Bichinhos - Frase Fofura Total

Amiguinhos queridos,
vocês querem brincar conosco?
Quem desejar nos acompanhar na brincadeira, é só fazer uma frase sobre a imagem acima.
Obrigada, desde já.
Tenham uma semana bem feliz!
Eis a nossa participação:
Temos que ir rápido!
Você já está atrasado para a creche, filhotinho.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Bichinhos - Pense nisso.

“Para mim a vida tem um valor absoluto, seja um animal, uma planta ou um humano. Somos todos terráqueos e dividimos o mesmo espaço, para mim não há ser superior na terra. Precisamos agora aprender a conviver em harmonia com o planeta, com as plantas e animais se quisermos salvá-lo.” Marta Naufal Arruda - Petfeliz

Tenham todos um abençoado Fim de Semana
Abraço carinhoso
Verena e Bichinhos.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

Bichinhos - Se o Bichinho pudesse falar...

Os "Bichinhos" estão indignados e "pediram"para antecipar a brincadeira.
Nossa participação:

SE A ONÇA PUDESSE FALAR DIRIA:

QUAL A NECESSIDADE DE LEVAR UMA ONÇA PARA UM EVENTO OLÍMPICO?
Deixem a sua opinião nos comentários.
Um abraço de
Verena e Bichinhos.
http://esportes.estadao.com.br/noticias/jogos-olimpicos,apos-morte-de-onca-rio-2016-veta-participacao-de-animais-silvestres,10000058517


Leia Mais:http://esportes.estadao.com.br/noticias/jogos-olimpicos,onca-e-abatida-durante-revezamento-da-tocha-e-gera-revolta-nas-redes,10000058417
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter
Leia Mais:http://esportes.estadao.com.br/noticias/jogos-olimpicos,onca-e-abatida-durante-revezamento-da-tocha-e-gera-revolta-nas-redes,10000058417
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitte

terça-feira, 21 de junho de 2016

Bichinhos - Frase Fofura Total

Amiguinhos queridos,
vocês querem brincar conosco?
Quem desejar nos acompanhar na brincadeira, é só fazer uma frase sobre a imagem acima.
Obrigada, desde já.
Tenham uma semana bem feliz!
Eis a nossa participação:
QUE FRENTE FRIA QUE NADA!
TÁ FRIO NA FRENTE,
ATRÁS, DO LADO, EM CIMA...TÁ FRIO EM TUDO! 

sábado, 18 de junho de 2016

Bichinhos - Para refletir hoje

Para uma nova edificação, seja ela de pequeno ou grande porte, é fundamental que o terreno seja limpo e os entulhos removidos. Igualmente para uma plantação, o mato deve ser capinado, as ervas daninhas arrancadas, enfim, é necessário que haja um espaço propício a receber uma nova construção ou novas sementes.
Por acaso você já teve conhecimento de alguma construção feita em cima de entulhos? Igualmente se dá em nossas vidas. Por isso, para que aconteçam novas alegrias e novas realizações, é preciso faxinar o terreno da alma. É preciso arrancar as ervas daninhas representadas pelas mágoas, e rancores. Retirar os entulhos do medo, os pedregulhos da incerteza, da insegurança, dos ressentimentos.
Esquecer as amarguras do passado. Viver o presente. O hoje. O agora. Fazer as pazes com quem estamos brigados. Perdoar. Pedir perdão. Com o terreno limpo e bem cuidado, não tem como não receber do universo as flores e frutos de realizações que irão fazer das nossas, vidas risonhas.
Pegue a pá da determinação, o ancinho da força de vontade, o carrinho da esperança e comece a sua faxina… Aproveite o final de semana!
Fonte: Google
Beijinhos de
Verena e Bichinhos

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Bichinhos - Se o "Bichinho pudesse " falar.."

Tá chovendo? Logo hoje que eu ia sair para caminhar?!
E vocês??
Olhando a imagem acima
O que acham que o Bichinho "diria" se pudesse falar...

Um lindo dia a todos!
Obrigada por brincar conosco.

terça-feira, 14 de junho de 2016

Bichinhos - Frase Fofura Total

Amiguinhos queridos,
Vocês querem brincar conosco?
Quem desejar nos acompanhar na brincadeira, é só fazer uma frase sobre a imagem acima.
Obrigada, desde já.
Tenham uma semana bem feliz!
Eis a nossa participação:
Hoje estamos bastante ocupados.
Vamos receber visitas.
O bolo já esta no forno.

Um grande abraço para todos de
Verena e Bichinhos. 

sábado, 11 de junho de 2016

Bichinhos - Homenagem para o Dia dos Namorados

Um casal de canarinhos, 
delicadamente a namorar,
frente a frente roçando os biquinhos,
inocentemente a se beijar.

Um faz cafuné no outro,
com muita suavidade,
gestos de demontração,
da sua calorosa paixão.

Ela deita no seu ombrinho,
e ele abre as asinhas,
a segurar-lhe com carinho.

Num momento de ternura,
sem pressa estão a curtir.
Nada mais interessa,
somente o amor sentir.

Esse tão meigo casal apaixonado,
deixa o mundo mais meigo e encantado.
Certamente lindos filhotes virão,
e o futuro deles estará preservado.
Elza Ghetti Zerbatto
Feliz Dia dos Namorados,
para todos aqueles que acreditam no Amor.
Beijinhos de
Verena e Bichinhos.

sexta-feira, 10 de junho de 2016

Bichinhos - As vovós concordam?

A Arte de Ser Avó

Netos são como heranças: você os ganha sem merecer. Sem ter feito nada para isso, de repente lhe caem do céu. É, como dizem os ingleses, um ato de Deus. Sem se passarem as penas do amor, sem os compromissos do matrimônio, sem as dores da maternidade. E não se trata de um filho apenas suposto, como o filho adotado: o neto é realmente o sangue do seu sangue, filho de filho, mais filho que o filho mesmo...

Quarenta anos, quarenta e cinco... Você sente, obscuramente, nos seus ossos, que o tempo passou mais depressa do que esperava. Não lhe incomoda envelhecer, é claro. A velhice tem as suas alegrias, as suas compensações - todos dizem isso embora você, pessoalmente, ainda não as tenha descoberto - mas acredita.

Todavia, também obscuramente, também sentida nos seus ossos, às vezes lhe dá aquela nostalgia da mocidade. Não de amores nem de paixões: a doçura da meia-idade não lhe exige essas efervescências. A saudade é de alguma coisa que você tinha e lhe fugiu sutilmente junto com a mocidade. Bracinhos de criança no seu pescoço. Choro de criança. O tumulto da presença infantil ao seu redor. Meu Deus, para onde foram as suas crianças? Naqueles adultos cheios de problemas que hoje são os filhos, que têm sogro e sogra, cônjuge, emprego, apartamento a prestações, você não encontra de modo nenhum as suas crianças perdidas. São homens e mulheres - não são mais aqueles que você recorda.


E então, um belo dia, sem que lhe fosse imposta nenhuma das agonias da gestação ou do parto, o doutor lhe põe nos braços uma menina. Completamente grátis - nisso é que está a maravilha. Sem dores, sem choro, aquela criancinha da sua raça, da qual você morria de saudades, símbolo ou penhor da mocidade perdida. Pois aquela criancinha, longe de ser um estranho, é uma menina a sua que lhe é "devolvida". E o espantoso é que todos lhe reconhecem o seu direito de o amar com extravagância; ao contrário, causaria escândalo e decepção se você não o acolhesse imediatamente com todo aquele amor recalcado que há anos se acumulava, desdenhado, no seu coração.

Sim, tenho certeza de que a vida nos dá os netos para nos compensar de todas as mutilações trazidas pela velhice. São amores novos, profundos e felizes que vêm ocupar aquele lugar vazio, nostálgico, deixado pelos arroubos juvenis. Aliás, desconfio muito de que netos são melhores que namorados, pois que as violências da mocidade produzem mais lágrimas do que enlevos. Se o Doutor Fausto fosse avó, trocaria calmamente dez Margaridas por um neto...

No entanto - no entanto! - nem tudo são flores no caminho da avó. Há, acima de tudo, o entrave maior, a grande rival: a mãe. Não importa que ela, em si, seja sua filha. Não deixa por isso de ser a mãe da menina. Não importa que ela, hipocritamente, ensine a menina a lhe dar beijos e a lhe chamar de "vovozinha", e lhe conte que de noite, às vezes, ela de repente acorda e pergunta por você. São lisonjas, nada mais. No fundo ela é rival mesmo. Rigorosamente, nas suas posições respectivas, a mãe e a avó representam, em relação ao neto, papéis muito semelhantes ao da esposa e da amante dos triângulos conjugais. A mãe tem todas as vantagens da domesticidade e da presença constante. Dorme com ele, dá-lhe de comer, dá-lhe banho, veste-o. Embala-o de noite. Contra si tem a fadiga da rotina, a obrigação de educar e o ônus de castigar.

Já a avó, não tem direitos legais, mas oferece a sedução do romance e do imprevisto. Mora em outra casa. Traz presentes. Faz coisas não programadas. Leva a passear, "não ralha nunca". Deixa lambuzar de pirulitos. Não tem a menor pretensão pedagógica. É a confidente das horas de ressentimento, o último recurso nos momentos de opressão, a secreta aliada nas crises de rebeldia. Uma noite passada em sua casa é uma deliciosa fuga à rotina, tem todos os encantos de uma aventura. Lá não há linha divisória entre o proibido e o permitido, antes uma maravilhosa subversão da disciplina. Dormir sem lavar as mãos, recusar a sopa e comer roquetes, tomar café - café! -, mexer no armário da louça, fazer trem com as cadeiras da sala, destruir revistas, derramar a água do gato, acender e apagar a luz elétrica mil vezes se quiser - e até fingir que está discando o telefone. Riscar a parede com o lápis dizendo que foi sem querer - e ser acreditado! Fazer má-criação aos gritos e, em vez de apanhar, ir para os braços da avó, e de lá escutar os debates sobre os perigos e os erros da educação moderna...


Sabe-se que, no reino dos céus, o cristão defunto desfruta os mais requintados prazeres da alma. Porém, esses prazeres não estarão muito acima da alegria de sair de mãos dadas com o seu neto, numa manhã de sol. E olhe que aqui embaixo você ainda tem o direito de sentir orgulho, que aos bem-aventurados será defeso. Meu Deus, o olhar das outras avós, com os seus filhotes magricelas ou obesos, a morrerem de inveja do seu maravilhoso neto!

E quando você vai embalar o menina e ela, tonta de sono, abre um olho, lhe reconhece, sorri e diz: "Vó!", seu coração estala de felicidade, como pão ao forno.

E o misterioso entendimento que há entre avó e neto, na hora em que a mãe o castiga, e ele olha para você, sabendo que se você não ousa intervir abertamente, pelo menos lhe dá sua incondicional cumplicidade...

Até as coisas negativas se viram em alegrias quando se intrometem entre avó e neto: o bibelô de estimação que se quebrou porque o menininha - involuntariamente! - bateu com a bola nele. Está quebrado e remendado, mas enriquecido com preciosas recordações: os cacos na mãozinha, os olhos arregalados, o beiço pronto para o choro; e depois o sorriso malandro e aliviado porque "ninguém" se zangou, o culpado foi a bola mesma, não foi, Vó? Era um simples boneco que custou caro. Hoje é relíquia: não tem dinheiro que pague... 
Rachel de Queiroz

As Vóvos concordam? 
Beijinhos da vóvis 
Verena

quinta-feira, 9 de junho de 2016

Bichinhos - Se o "Bichinho" pudesse falar...



QUERO QUE ME AQUEÇAS NESTE INVERNO!
E vocês??
Olhando a imagem acima
O que acham que o Bichinho "diria" se pudesse falar...

Um "pautabraço" a todos
Obrigada por brincar conosco.

terça-feira, 7 de junho de 2016

Bichinhos - Dicas Fofura

Bom Dia!!!
Agradeço aos amiguinhos: Carmem, Anete, Chica, Bell, Maria Luiza, Emanuel, Toninho e Nadja.
De vocês recebi valiosas dicas e pude achar a Juja. Aqui 
Obrigada pela paciencia e carinho
 
Ficaria muito mais feliz ainda, se pudessem deixar um Comentário Fofura.
Desejo a todos uma maravilinda semaninha.
Muitos miaus de gatinha
JUJUBA

segunda-feira, 6 de junho de 2016

Bichinhos - Cadê a Juja????

Amiguinhos queridos,
Bom Dia!!!
Estou procurando a Juja pelo ap. inteiro mas não consigo achar.
Cadê a Juja?
Deixem nos comentários uma dica, tá?
Muitos ronrons para todos e uma ótima semaninha.
Jujuba

sábado, 4 de junho de 2016

Bichinhos - Bom dia, Domingo!

Pra melhorar o dia, os cinco As:
agradecer, aprender, alegrar, acreditar, amar.
 Bom dia, Domingo!

quinta-feira, 2 de junho de 2016

Bichinhos - Se o Bichinho pudesse falar

Mais uma 5a feira chegou.

Vamos brincar?

Se o Bichinho pudesse falar diria: 

Amorzinho, junho chegou.
Vamos namorar???

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Bichinhos - Para Momo


No céu escolhi uma estrela.
No jardim escolhi uma flor.
Na Terra escolhi um gatinho.
Para ser o meu amorzinho.

Deixo aqui um apaixonado ronronzinho
JUJA